Adjori/SC e FCC assinam cooperação para execução do Cadastro Catarinense de Jornais

O presidente da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC), José Roberto Deschamps, e o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Edson Lemos, assinaram nesta terça-feira (24) um termo de cooperação técnica entre as duas instituições a fim de renovar a parceria para atividade do Cadastro Catarinense de Jornais (CCJ). A iniciativa, que ocorre há quase 20 anos, foi renovada por mais cinco e vai garantir o registro histórico e documental dos jornais impressos de Santa Catarina. 

"Essa assinatura é muito importante porque ela oficializa a parceria entre o governo do Estado e a Adjori/SC na garantia de que os jornais impressos de Santa Catarina estejam bem guardados na memória pública do catarinense. Ganha a cultura, a história, e o jornalismo do nosso Estado. Além do que a Adjori reitera seu papel fundamental de valorizar o jornal impresso do interior e das grandes cidades de Santa Catarina", disse Deschamps. 

"É um momento muito importante para a Fundação estar renovando esse convênio com a Adjori/SC. Esses jornais são muito procurados por pesquisadores na Biblioteca Pública. Esse acervo está à disposição da população, então a gente está vivendo um momento ímpar com a assinatura desse convênio a partir da importância das informações vindas do interior", afirmou Lemos. 


O CCJ

Com a assinatura, haverá continuidade no trabalho do CCJ por mais cinco anos. A iniciativa consiste no recebimento e cadastramento de edições de jornais impressos de Santa Catarina pela Adjori/SC. A partir do cadastro, o jornal ganha um selo de comprovação de que está em dia com o CCJ e que funciona como um atestado de credibilidade e confirmação de que o veículo circula com regularidade, transparência e periodicidade.

Após o cadastramento e comprovação na Adjori/SC, um exemplar do jornal é encaminhado pela entidade à Biblioteca Pública de Santa Catarina, onde é digitalizado e fica disponível para consulta pública a qualquer cidadão. Também são encaminhados os arquivos digitais dos impressos (PDFs). A medida assegura que a informação do veículo impresso seja perene e acessível à comunidade, preservando a história do Estado. 

"Uma das funções da Biblioteca Pública é servir de depósito legal para as publicações do Estado. Salvaguardar ao menos uma cópia de cada jornal significa preservar a memória histórica de Santa Catarina. [...] O jornal é uma fonte primária de pesquisa, então qualquer pesquisador tendo acesso a esses jornais ali na Biblioteca pode explorar a informação ali contida", disse a diretora da Biblioteca Pública de Santa Catarina, Cleonisse Schimitt. 

O Cadastro Catarinense de Jornais (CCJ) é um serviço gratuito e disponível a qualquer veículo impresso de Santa Catarina, associado à Adjori/SC ou não. Para participar, basta acessar o link de cadastro no site da entidade, fornecer alguns dados e enviar cópias dos exemplares à Associação. Entre 2002 e 2021, mais de 143 mil edições de jornais foram cadastradas.

Atualmente, o CCJ é o manismo utilizado pelo governo do Estado de Santa Catarina e pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) para atestar a regularidade dos jornais em convênios com o poder público. 




25 de Agosto de 2021

Prêmio Adjori/SC de Jornalismo
Consagrado como maior premiação da imprensa de Santa Catarina, chegou a 2021 na sua 22ª edição
RCN Impressa
Grupo de 30 jornais associados publica semanalmente uma página exclusiva de notícias estaduais
Revista da Adjori/SC
A cada ano, a Revista Adjori traz um conteúdo temático de grande relevância no cenário estadual e nacional